IDE Window: Configure Build Lazarus/pt

From Lazarus wiki
Jump to: navigation, search

Deutsch (de) English (en) français (fr) português (pt)

O IDE pode recriar o Lazarus e esse diálogo define o que e como será recriado. Ele faz isso, chamando o make e alguns parâmetros extras. Somente os pacotes personalizados, que você próprio instalou são compilados chamando o compilador diretamente.

Importante: Sempre mantenha um backup do executável do IDE (Windows: lazarus.exe, outros: lazarus).

Ínicio Rápido: Recompilar o IDE

Clique no botão 'Ajustar "Build All"' no topo. Isso configurará as opções para recriação de tudo. Então clique em 'Build'. O diálogo será fechado e recriará todas as partes do Lazarus - a LCL, sua interface atual (winapi no windows, gtk no linux, etc.), os pacotes necessários no IDE.

As partes

Lazarus consiste de algumas partes:

  • LCL - essa é a biblioteca de componentes do Lazarus e sua interface atual. A interface pode ser selecionada com o botão de radio para a direita ( gtk, gtk2, win32/win64, wince, carbon, qt, fpgui). A LCL contém os componentes visuais, como TButton e TForm. Os componentes não visuais não são partes do Lazarus, mas do pacote do FreePascal (ex: FCL e RTL).
  • SynEdit - esse é o componente editor usado pelo IDE. Ele contém o componente visual TSynEdit e os realçadores (highlighters).
  • CodeTools - esse é uma coleção de ferramentas para analisar e editar código fonte.
  • Package registration - Esse cpmt[e, as units de baixíssimo nível usado pelos pacotes do lazarus.
  • IDE interface - esse é o pacote IDEIntf. Todo pacote de tempo de design, que extenda o IDE está usando esse pacote.
  • JIT Form - esse contém uma unit especial, usada para criar classes em runtime. Devido a esses truques serem de nível profundo, ele não é compatível com todas as opções de depuração e profiling e consequentemente é uma parte dele próprio. Eventualmente ele será movido para o IDE.
  • IDE - o resto do IDE
  • Starter - essa é a aplicação startlazarus, que é usada para reiniciar o IDE e/ou iniciar ele próprio quando [re]criado o IDE.
  • Examples - esses são aplicações simples de demonstração. Existem demonstrações mais complexas e exemplos nos sub-diretório do diretório examples.

As partes são ordenadas. Isso significa que se você recompilar o LCL, todas as partes abaixo precisam ser recompiladas também.

LCL interface

Aqui você pode selecionar a interface LCL, que será criada. A LCL (Lazarus Componente Library) contém duas camadas: A parte independente de plataforma e a parte dependente de plataforma (ex: interface para gtk e win32). Algumas interfaces funcionam em algumas plataformas, algumas não. Veja abaixo para detalhes. Em muito casos, você não precisa se preocupar com isso. Uma aplicação normal usa somente a parte da LCL independente de plataforma, que usa automaticamente a interface certa. Mexa com essa opção somente, se você deseja usar uma das interfaces não estáveis e incompletas ou se você deseja fazer cross-compilação com outra plataforma. Veja a lista abaixo.

  • gtk - estável e completa. Ela usa as bibliotecas gtk 1.2. Ela está disponível no Linux, MacOSx e FreeBSD. O próprio gtk execute em mais plataformas, mas a interface gtk da LCL não faz isso ainda. Esse é o padrão para Linux, MacOSX e FreeBSD. Naturalmente uma aplicação gtk executa no KDE e Gnome. Para MacOSX você precisa do X.
  • gtk2 - quase completa, mas está ainda com uma série de bugs e relatos abertos. Se Essa esta disponível sobre as mesmas plataformas que a interface gtk.
  • gnome - estável e completa. Essa usa a interface gtk e adiciona algumas adições especificas do gnome. Naturalmente uma aplicação gnome executa no KDE e outro gerenciador de janelas também. removido na versão 0.9.23
  • win32 - estável e completa. Ela está disponível para todas gostos de PC com windows (Win98, Win2k, WinNT, WinXP, ...).
  • wince - não-estável e incompleta. Ela está disponível para WinCE.
  • carbon - não estável e incompleta. Ela executa nativamente no MacOSX.
  • qt - não-estável e incompleta. Ela usa as biblitecas qt, a base de muitas das aplicações KDE. Naturalmente uma aplicação qt executa sobre os outros gerenciadores de janelas também.


Nota: A interface LCL nesse diálogo se aplica apenas à criação do Lazarus (incluindo a LCL). Todos os outros recursos do IDE usam as opções de compilação (Project > Compiler Options).

Opções

Forneça aqui opções, que será adicionadas ao parâmetro OPT.

SO Alvo

Para cross-compilação de partes do Lazarus, forneça aqui o sistema operacional alvo. Por exemplo win32 para cross-compilação de linux para windows. Tenha em mente, que para fazer cross-compilação você precisa do pacote binutils e todas as bibliotecas cross-compilados para a plataforma alvo também.

Diretório Alvo

Para compilar o IDE em outro diretório. Essa opção funcina apenas para o IDE, nenhuma outra parte suporta isso.

CPU Alvo

Para cross-compilação de partes do Lazarus, forneça aqui o cpu alvo. Por exemplo: x86_64 para fazer cross-compilação em um sistema i386 para um sistema amd64. Tenha em mente que para fazer a cross-compilação você precisa do pacote binutils e todas as bibliotecas cross-compilados para a plataforma alvo também.

Reiniciar depois que criar com sucesso

Se a criação do IDE foi feita com sucess, reinicia o IDE.

Confirmação antes de recriar o Lazarus

Para evitar recriação do IDE por acidente, você pode ativar aqui a mensagem de confirmação. Se você é um crack que nunca falhas então desabilite isso..

Botões

  • Build - Salva as opções e cria.
  • Save settings - Salva as opções e fecha o diálogo
  • Cancel - Abandona as mudanças e fecha o diálogo.

Se algo der errado

Depois de recriar o IDE, ele trava or é não-utilizável e você não tem um backup

Sem pânico! Você pode facilmente compilar um IDE básico na linha de comando.

cd /path/to/lazarus
make clean all

Isso compilará um IDE sem quaisquers pacotes em especial. Seus antigos pacotes instalados não serão instalados, mas serão marcados para instalação. Isso significa que quando você criar o IDE com o IDE, ele criará um IDE com todos os seus pacotes. Se você tem instalado um pacote bugado, então você pode simplesmente abrir o pacote e desinstalá-lo.